Publicado em Audioblog, Mulher de meia-idade

Autocuidado da mulher de meia-idade: a rotina ideal (Parte 2)

O sol ☀️ é mocinho ou vilão? Raios UVA e UVB, vitamina D, rugas, melasma, pele, insolação, filtro solar, acne adulta, bronzeado, etc e tal. Atordoante, não é? E a gente, que já passou de uma certa idade não sabe se fica ou foge do sol. Nos artigos sobre pele madura que encontramos na rede exploram conteúdos à respeito do cuidado com a pele para prevenção de rugas e flacidez. Há disponíveis no mercado cremes, loções e diferentes tratamentos indicados por dermatologistas para retardar tais efeitos que deflagram o envelhecimento da cútis. Contudo, há outros inimigos presentes em nossas casas, responsáveis por esses e por outros prejuízos que talvez você ainda não saiba.

Os aparelhos celulares e computadores podem causar melasma, envelhecimento precoce e acentuar quadros de acne. Como assim? Vou ter que usar filtro solar para ficar dentro de casa? A resposta é sim.

O raio ultravioleta é a radiação eletromagnética com um comprimento de onda menor que a da luz visível. De maneira resumida, apenas 9% da radiação do sol chega à terra devido a filtragem da atmosfera. A radiação UVA corresponde a 400-320 nm e a UVB é de aproximadamente 350-270 nm (medida do comprimento de onda).

Quanto aos efeitos à saúde humana, os raios UVB atingem camadas mais superficiais da pele causando ardência e vermelhidão e os UVA atingem a Derme (uma camada mais profunda) causando manchas e o câncer de pele. Não se engane com tempos nublados, pois os raios UVA atravessam as nuvens e chegam à pele em qualquer estação do ano (leia uma reportagem muito legal sobre o tema clicando neste 👉LINK). Os raios UVB incidem com mais força durante o verão e no período de 10 às 16 horas, como é o caso do Brasil que encontra-se próximo à linha do Equador (para saber mais sobre a radiação clique 👉AQUI)

Não somente os raios UVA do sol mas os das luzes artificiais dos aparelhos eletrônicos também causam danos. A exposição excessiva à luz emitida por esses aparatos tecnológicos agridem a pele também. E tem outro agravante! A pigmentação da pele varia em relação ao ciclo menstrual. 👉Estudos mostram que no período pré-menstrual e durante a menstruação há maior sensibilidade à essa luz ultravioleta, o que aumenta a pigmentação da pele, principalmente em peles morenas que têm mais melanina (aquilo que dá cor à pele).

Resumindo, a equação da situação seria assim:

  • Pele Morena + Luz do CelularFiltro Solar = escurecimento de manchas + Bônus menstrual (ou seria ônus) = Mais Manchas.

É a conta matemática do terror de quem trata e controla o melasma ou as manchas de gravidez no rosto (o nome desta última é Cloasma Gravídico)!

Em tempos de distanciamento, Home Office e exposição frequente à luz dos aparelhos eletrônicos, é importantíssimo tomarmos para a nossa rotina de autocuidado, a aplicação diária do filtro solar específico para a nossa pele. E não é aplicar uma única vez e pronto. É necessário reaplicar respeitando os intervalos descritos pelo fabricante do produto nos rótulos das embalagens, além, é claro, de seguir as orientações do seu médico(a) dermatologista.

Para completar o desespero, toda essa exposição provoca o agravamento da acne. Já não bastavam as manchas, os cravos e as espinhas brotam depois de um dia estressante. E os dedos nervosos são tentados a cutucar aquela casquinha que a pele pelejou para produzir como parte do processo de cicatrização. Aí, o que você ganha? Mais uma marca escura na pele ou uma cicatriz.

E você pensando que depois da adolescência não passaria mais por essa, hein? Os resultados de um 👉estudo recente indicaram que a acne adulta acomete 1 em cada 4 mulheres com idade entre 31 e 40 anos e aquelas que sofrem do problema possuem mais receptores (ou são mais ativados) das células que se ligam à bactéria da acne. Isso quer dizer que “Ter ou não a bactéria não importa. O que interessa é como ela vai interagir com o sistema imune”, explica o autor do estudo e dermatologista Marco Rocha. (Leia mais nesse 👉LINK).

E ainda não acabou! 🤯 Encostar o aparelho na face ao falar ao celular é um atalho para os microrganismos chegarem na pele do seu rosto🤳. Seu aparelho “anda” por todos os cantos, da bolsa para a pia do banheiro, desta para a mesa da cozinha ou para a escrivaninha do escritório, sem contar os “passeios” em ambientes externos.

Além disso, não esqueça de vigiar a sua postura enquanto usa o smartphone para não ganhar uma “Teck Neck“, aquelas ruguinhas no pescoço. A posição da cabeça e da coluna são fortemente influenciadas pela maneira que você segura o celular e principalmente pela frequência com que o utiliza. Talvez a razão de suas dores nas costas, a tensão nos ombros e a dor de cabeça seja o uso excessivo e inadequado do celular.

Agora a pausa para a música🎼

A música de hoje é dançante e bem alto astral para você sair da cadeira e largar um pouco esse celular! Impossível ficar parada com essa mulherada animada da nossa época!

“Eu quero ver esse corpo
Lindo, leve e solto”

Dancin Days – As Frenéticas

Com vocês: As Frenéticas com a música “Dancin Days“👇

Voltando ao nosso assunto, quais os principais cuidados que devemos ter para evitar ou pelo menos minimizar esses prejuízos? Relacionei os cuidados que considero mais relevantes:

  • 🌻Limpe o celular diariamente 📲. Retire a capinha, lave as mãos e limpe tudo com um algodão embebido em álcool. O álcool isopropílico 70% é o tipo adequado para a limpeza de eletrônicos. Ele elimina os germes sem danificar o aparelho. Você encontra facilmente em lojas de informática.
  • 🌻Lave as mãos 🤲com frequência e principalmente quando chegar da rua.
  • 🌻Crie o hábito de aplicar o filtro solar 🧴 logo que acorda pela manhã, mesmo que você não tenha que sair de casa. Inclua na rotina, lavar o rosto, escovar os dentes e passar o protetor. Já contei que prefiro o protetor com cor (por causa da barreira física adicional) além de ser um item obrigatório da lista da mulher esperta do blog Cresce e Aparece! (veja neste 👉POST) para levar na sua bolsa.
  • 🌻Reaplicar é super importante para você não perder a proteção. Se você costuma se maquiar, a reaplicação fica mais fácil se você usar o protetor solar em pó. Você conhece? É igual ao pó compacto de maquiagem comum e deve ser aplicado com pincel ou esponja (não esqueça de higienizar toda semana!). É perfeito para os retoques ao longo do dia. Veja 👉AQUI algumas opções.
  • 🌻Mantenha suas unhas arrumadas e de preferência com esmalte 💅. Assim, você ficará “com dó” de estragá-las ao ceder a vontade de cutucar o rosto.
  • 🌻Nunca durma maquiada, nem mesmo com o protetor solar. Limpe a pele antes de dormir usando os produtos adequados para a sua pele e ajude seu organismo a recuperá-la enquanto você dorme. Dessa maneira, você evita que a sujeira agrave os problemas da pele ou que os seus poros fiquem entupidos piorando a sua situação. Eu retiro esses resíduos com Água Micelar e depois lavo o rosto com o sabonete que a dermatologista indicou para a minha pele.

E a vitamina D, minha gente? Tem que dar uma brecha para ela entrar! Neste 👉 POST, falei um pouco sobre os benefícios do sol e a função desta vitamina na manutenção da massa óssea além de influenciar no sistema imunológico. Apenas 10% dessa vitamina vêm de alimentos e 90% das nossas necessidades são absorvidas pela exposição solar aos raios UVB (5 a 10 minutinhos por dia para quem tem pele clara e mais tempo para quem tem pele morena ou negra) (Leia mais neste 👉 LINK). Por esse motivo o sol é um grande aliado das mulheres na prevenção da osteoporose e deve ser aproveitado de maneira adequada.

Então, aí vai um bônus de autocuidado:

  • 🌻Continue com o seu protetor no rosto e exponha outras partes do corpo (como as pernas, as costas e a barriga) nesses 10 ou 15 minutos de banho de sol diário. Vale lançar mão do solzinho na laje, colocar um top para estender roupas no varal ou aproveitar a caminhada matinal 😉.

E assim, terminamos a 2ª parte das dicas de autocuidado da mulher de meia-idade. Para quem perdeu a 1ª parte, clique 👉AQUI para se atualizar (com o passo a passo explicado no texto, não tem mistério!).

🎧Audioblog🎧

Audioblog: Autocuidado da mulher de meia-idade: a rotina ideal (Parte 2). 06/09/2020

Se você ainda não segue o blog, role a tela mais para baixo e clique em “seguir o blog por e-mail” para acompanhar as publicações semanais do 👉Cresce e Aparece!

Na próxima semana tem muito mais conteúdo interessante e útil para o dia a dia de quem não pode perder tempo! Você não vai perder, vai?

Beijos!!!💋

Autor:

Partindo da vontade de compartilhar os meus anseios e necessidades de quem está entrando na meia-idade, iniciei a redação do blog incorporando nos textos a minha experiência profissional no campo pedagógico e científico na área da saúde, emoções e atividade física, bem como da minha vivência como mulher, mãe, professora entre muitos outros "eus" que me compõem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s